Governo do Estado de Santa Catarina
Ouvidoria Doadores
FECHAR

Fale Conosco

Onde estamos

Sede de Comando

CPMR - Comando de Policiamento Militar Rodoviário - PMSC
Comandante do CPMR: Coronel PM José Norberto de Souza Filho
Rua Prefeito Dib Cherem, 2579 - Capoeiras - Florianópolis - SC
(48) 3271-2300
Como chegar

Abriga o Comando, o Subcomando e as seções administrativas (pessoal, planejamento, informações, relações públicas, estatística, tesouraria e compras), que são responsáveis pelo gerenciamento operacional e administrativo do Comando de Policiamento Militar Rodoviário e pelas atividades operacionais de apoio aos Postos.

Posto 01 - Florianópolis - Ratones
Rodovia SC-401, km 9,89 - Bairro Ratones
Florianópolis - 88052-000
(48) 3235-1300 e 3235-1786
posto1@pmrv.sc.gov.br
P01
Sobre o Posto 01 - Florianópolis - Ratones

O primeiro dos Grupos da Polícia Militar Rodoviária a ser instalado em Santa Catarina, na Rodovia SC-401, em Florianópolis, é também o maior em fluxo de veículos. Na baixa temporada, a estimativa é de que passem nessa rodovia 45 mil veículos/dia, subindo para 60 mil na temporada de verão.

O 1º Grupo foi inaugurado em 1977, no Bairro Ratones, e teve como primeiro Comandante o 3º Sargento José Daminelli. A malha viária patrulhada, inicialmente de 39 quilômetros, passou para 11 rodovias e um total de 155,868 quilômetros. O efetivo de 33 homens (oito Sargentos, oito Cabos e 17 Soldados) atende às Rodovias SCs 400, 401-Norte, 402, 403, 404 e 406-Norte em Florianópolis, 410 em Governador Celso Ramos, 407 em São Pedro de Alcântara, São José, Rancho Queimado e Angelina, 408 em Antônio Carlos, 431 em São Bonifácio e Águas Mornas. Para o patrulhamento, a frota possui 16 viaturas, entre automóveis e motos. O Grupo abriga também a Sede da 1ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária, que é comandada pelo Major PM Márcio José Antunes.

Atualmente, o Posto funciona no pedágio desativado da SC-401, em Santo Antônio de Lisboa. O principal entrave apontado pelo atual comandante, 2º Sgt PM Paulo Cesar Cirino, é o grande fluxo de veículos, principalmente na Rodovia SC-401. Casos de embriaguez ao volante, excesso de velocidade, acidentes envolvendo motocicletas são as principais ocorrências encontradas. 

O Comandante observa que houve uma grande evolução em termos de equipamentos, como viaturas, radares e bafômetros. O 1º Grupo também é referência em informações turísticas aos visitantes nacionais e internacionais, “É gratificante lidar com vidas, com responsabilidade, porque podemos salvá-las quando fazemos atendimento de acidentes, e mesmo nas atividades de fiscalização e patrulhamento, proporcionando segurança e tranquilidade ao trânsito. Desenvolvemos ainda o Programa Cidadão do Trânsito, o qual possibilita a formação de futuros condutores que contribuirão para um trânsito mais humano e seguro.".

O 1º Grupo, como os outros, tem um intenso envolvimento com a comunidade e recebe algumas contrapartidas, como é o caso de Rogério Rohr, da empresa Rohr Jardinagem, que cuida voluntariamente do paisagismo do Posto há três anos. “Fui vizinho do Posto e me tornei amigo dos policiais. É uma forma de retribuir o trabalho, fazendo o que gosto”, diz.

Posto 2 - Gaspar
Rodovia SC-412, km 21,7
Gaspar - 89110-000
(47) 3332-0152
posto2@pmrv.sc.gov.br
P02
Sobre o Posto 02 - Gaspar

O 2º Grupo de Polícia Rodoviária Estadual, ou Posto 2, foi ativado na mesma data da Companhia de Polícia Rodoviária Estadual, em 11 de agosto de 1977, na Rodovia Jorge Lacerda (SC-412), km 21,750, Bairro do Poço Grande, em Gaspar/SC. Inicialmente era composto por 13 policiais comandados pelo 3º Sargento Adelino Antônio Pires.

Entre os fatos mais marcantes da sua história, estão as enchentes no Vale do Itajaí, em 1983 e 1984, em que o posto ficou ilhado e os policiais trabalharam ininterruptamente durante vários dias no socorro aos desabrigados. Situação semelhante ocorreu no ano de 2008, quando a imprevisibilidade da natureza novamente testou as forças de nossos cidadãos, os quais encontraram na Polícia Militar Rodoviária uma mão amiga que atuou incansávelmente, engajada com outros órgãos, nas operações de sinalização e socorro da população.

Desde de 2013 o Posto 2 é comandado pelo 1º Sargento Marcelo Vieira Ramos e seu efetivo é composto por 18 policiais militares rodoviários, possuindo três viaturas automóveis e uma motocicletas. Atualmente o Posto tem atribuição em cinco rodovias e três acessos estaduais, sendo eles: SC-108 (Gaspar - Major Gercino); SC-410 (Tijucas - Nova Trento); SC-412 (Itajaí - Gaspar); SC-414 (BR-470 - Luiz Alves); SC-486 (Itajaí - Botuverá); Acesso Norte a Penha (BR-101 - Penha/Bal. Piçarras), Acesso Sul a Penha (BR-101 - Parque Beto Carrero) e Acesso ao Distrito Claraíba (Nova Trento - Claraíba), num total de 190,233 quilômetros de rodovias, que abragem os municípios de Luiz Alves, Gaspar, Ilhota, Itajaí, Penha, Balneário Piçarras, Brusque, Botuverá, Nova Trento, São João Batista, Major Gercino, Canelinha e Tijucas.

Os trechos que mais exigem fiscalização são os das rodovias SC-412, SC-486 e SC-108, que têm como principais causas de acidentes o excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas e a embriaguez ao volante.

As atuais nomenclaturas das rodovias foram alteradas no ano de 2013 pelo Plano Rodoviário Estadual que, em resumo, trouxe as seguinte modificações:

ANTES DEPOIS
SC-470 SC-412
SC-411 (Gaspar-Trevo Claraíba) e SC-408 SC-108
SC-411 (Tijucas - Nova Trento) SC-410
SC-411 (Nova Trento -– Claraíba) Acesso Sul ao Distrito Claraíba
SC-414 Acesso Norte a Penha
SC-413 SC-414
AC101D Acesso Sul a Penha

O Posto realiza atividades comunitárias em datas festivas, como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal, e apoia eventos como provas e passeios ciclísticos e maratonas. "O serviço é eficiente. Hoje, as rodovias têm muito mais segurança com o trabalho deles. A comunidade agradece porque traz mais tranquilidade", diz Antônio Mondini, vizinho do Posto desde a sua fundação.

Posto 3 - Lebon Régis
Rodovia SC-350, km 206,307
Lebon Régis - 89.515-000
(49) 3247-0170
posto3@pmrv.sc.gov.br
P03
Sobre o Posto 3 - Lebon Régis

Terceiro mais antigo do Estado, o 3º Grupo de Polícia Militar Rodoviária de Lebon Régis foi inaugurado no dia 31 de março de 1978, com cinco policiais militares e três viaturas sob o comando do 3º Sargento José Daminelli. A malha viária inicial era de 121 quilômetros, cobrindo os trechos entre a BR-116 até Caçador, e de Lebon Régis a Videira. O P-3 teve um papel importante na integração de uma região que ainda era inóspita e no atendimento às comunidades mais carentes. Outro fato marcante foi a morte em serviço do Soldado Israel José Alfeu Chaves, ao atender uma ocorrência em Caçador, na década de 80. O nome do soldado foi dado ao grêmio do posto como homenagem.

Atualmente, o Posto é comandado pelo 3º Sargento Nelcindo Carlos de Castro e possui um efetivo de 17 homens e cinco viaturas. A malha viária coberta é de 293 quilômetros, em nove trechos: Rodovias SC-302 (BR-116 a Lebon Régis e de Lebon Régis a Caçador), SC-303 (Videira a Pinheiro Preto e Pinheiro Preto a Tangará), SC-451 (Curitibanos a Frei Rogério), SC-453 (Lebon Régis a Fraiburgo, e Fraiburgo a Videira), SC-456 (Fraiburgo a Monte Carlo, e Monte Carlo à  BR-470), e SC-457 (Lebon Régis a Curitibanos), SC-478 (BR-116 a Timbó Grande), abrangendo os municípios de Santa Cecília, Lebon Régis, Curitibanos, Fraiburgo, Monte Carlo, Videira, Pinheiro Preto, Tangará, Timbó Grande, Campos Novos, Frei Rogério e Caçador. De acordo com o Comandante, o trecho em que ocorrem mais acidentes é o da SC-453, entre Fraiburgo e Videira, devido aos acentuados pontos críticos, e esta é uma das principais dificuldades das rodovias atendidas, que apresentam também trechos bastante sinuosos que exigem atenção dos motoristas.

O Posto realiza diariamente Operações de Trânsito e Patrulhamentos ao longo dos trechos objetivando a fiscalização de condutores em geral, passageiros e pedestres, além do controle de animais soltos, veículos e objetos abandonados, com o objetivo primordial e norteador de preservação da vida e de um trânsito mais seguro e humanizado. Periodicamente, realiza apreensões de contrabando de cigarros e entorpecentes, por exemplo. O foco do trabalho é principalmente a prevenção de acidentes pela execução de operações de fiscalização, palestras e campanhas por meio da mídia e orientação direta aos usuários.

“Os policiais são muito atuantes no serviço, estão sempre à disposição e fazem um trabalho importante com as escolas da região. Acompanho o trabalho, pois sou amigo e vizinho do posto”, conta um dos parceiros do P-3, o Vereador Neilo do Valle Rocha.

Posto 4 - Campo Alegre
Rodovia SC-418, Km 38 s/nº - Bairro São Miguel
Campo Alegre/SC - 89294-000
(47) 3632-2057
posto4cmt@pmrv.sc.gov.br
P04
Sobre o Posto 4 - Campo Alegre

A fiscalização de trânsito na Rodovia SC-418, conhecida como Estrada Dona Franscisca, principal corredor de exportação da região norte do Estado, motivou a instalação do 4º Grupo da 6ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária em 1979. Inicialmente, o posto foi construído às margens da BR-280, em Guaramirim, e em 1984 foi transferido para o local atual, no km 38 da SC-418, em Campo Alegre. O Posto hoje conta com boa estrutura para oferecer comodidade aos policiais e aos usuários da rodovia.

Os policiais do P-4 atendem a uma malha viária de 92 quilômetros entre as Rodovias  SC-418 (da BR-101 a Fragosos, na divisa com o Paraná),  A-280C (acesso Oeste em São Bento do Sul) e  A-280B (saída Corupá) , SC-110 (liga Campo Alegre à Bateias). Essas rodovias ligam os municípios de São Bento do Sul, Rio Negrinho, Campo Alegre, Joinville e o Estado do Paraná.

De acordo com o comandante,  1º Sargento Sandro Ludovico Moecke, o trecho urbanizado de São Bento do Sul registra o maior número de ocorrências de trânsito e na Serra Dona Francisca, os constantes nevoeiros, principalmente no outono/inverno, representam perigo, forçando os motoristas a diminuírem a velocidade em consequência da pouca visibilidade. “A maior dificuldade nesse trecho é a falta de comunicação, porque é precário o sinal de celular e não há telefones público”. Em caso de acidentes com vítimas na serra, os policiais rodoviários podem contar com o auxílio do Corpo de Bombeiros de Joinville, de São Bento do Sul e de Campo Alegre, e com a aeronave Águia, sediada em Joinville.

Importante salientar que a Serra Dona Francisca é conhecida por sua natureza exuberante e por suas belas paisagens em meio a um cenário de Mata Atlântica, onde abriga grande diversidade de espécies da flora e da fauna. Mas os usuários da via alem de aproveitarem esse belo cenário, devem respeitar a sinalização, pois há sinuosas curvas e descidas íngremes com curvas fechadas no final.

O efetivo do P-4, ainda que reduzido, é bastante requisitado para palestras educativas em estabelecimentos escolares e indústrias da região. O Posto por estar localizado em ponto estratégico serve para Operações em parceria com outras Organizações Policiais Militares e também outros Órgãos, como a FUNDEMA e a Receita Estadual.

Posto 5 - Cocal do Sul
Rodovia SC-108, km 29,94
Cocal do Sul - 88842-000
(48) 3447-6001 / 3447-1361
posto5@pmrv.sc.gov.br
P05
Sobre o Posto 05 - Cocal do Sul

O 5º Grupo de Polícia Militar Rodoviária, sediado em Cocal do Sul, foi instalado em 1980 com 10 policiais e teve como primeiro comandante o 3º Sargento Jaime Miranda. Atualmente, há 21 homens comandados pelo 1º Sargento Nilson Bialeski Marcineiro, e uma frota de seis viaturas, incluindo uma ambulância, carros e motocicletas. O Grupo sedia a 2ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária.

São patrulhados 140,7 quilômetros em cinco rodovias: SC-443 trechos da BR-101 a Sangão, de Sangão ao Morro da Fumaça, do Morro da Fumaça a Criciúma, e de Mãe Luzia a São Bento Baixo; SC-445 trechos da BR-101 ao Morro da Fumaça, do Morro da Fumaça a Urussanga, e de Siderópolis a Criciúma; SC-446 trechos de Orleans a Urussanga, de Urussanga a Criciúma, e de Criciúma a Forquilhinha; SC-447 trechos de Criciúma a Nova Veneza, e de Siderópolis a Treviso; SC-448 trechos de Mãe Luzia a Forquilhinha, e de Forquilhinha a Meleiro. 

Os trechos correspondem geralmente a áreas urbanas e o principal problema encontrado, segundo o Comandante, é "o aumento da frota de veículos circulando. Mesmo com um maior número de carros, não houve a devida adequação da capacidade de fluxo das vias, contribuindo com o aumento do número de acidentes. Em contrapartida à falta de investimento na via, a implementação de fiscalização de excesso de velocidade, com o emprego de radares móveis fotográficos no período diurno ou noturno, tem contribuído com a diminuição do número de acidentes e principalmente com a redução dos números de mortes das pessoas envolvidas.”.

O Posto tem grande participação na comunidade. Apoia com a segurança do trânsito em festas comunitárias, realiza palestras e comandos educativos e cede espaço para a realização da Campanha do Agasalho denominada O FRIO DÓI, DOE CALOR, promovida pela Cruz Vermelha. Segundo o coordenador da campanha, o Comissário de Polícia Almir Fernandes de Souza, a PMRv é mais um dos órgãos de segurança estaduais que fazem parte da campanha. “O Posto é um ótimo parceiro, porque descentraliza e arrecada bastantes roupas”, explica. Em 2012, foram arrecadadas 16 mil peças de roupas, doadas a 720 famílias de municípios da região.

Posto 6 - Aurora
Rodovia SC-350 - km 280,77
Aurora - 89168-000
(47) 3524-0216
posto6@pmrv.sc.gov.br
P06
Sobre o Posto 6 - Aurora

Para atender às rodovias do Alto Vale do Itajaí, foi instalado em 1981, no km 12 da Rodovia SC-302, em Aurora, o 6º Grupo de Polícia Militar Rodoviária do Estado de Santa Catarina, que teve como primeiro Comandante o 3º Sargento PM Carlos Alberto Mallagolli. Durante cinco anos, funcionou em um trailer. Em 1986, o Posto foi transferido para uma edificação no km 7 da SC302 na época, e reinaugurado em 1991. Em 1996, passou por uma ampliação, totalizando uma área construída de 185m2, com sala de aula e novos alojamentos.

Com a implantação do policiamento rodoviário, tornou-se concreto o anseio das comunidades habitantes do Alto Vale do Itajaí de dotar as rodovias por eles utilizadas para seu deslocamento e transporte da produção agrícola (principal atividade econômica da região) de um órgão fiscalizador que proporcionasse segurança aos seus usuários.

O P-6 possui, hoje, 13 policiais em seu efetivo e quatro viaturas. Patrulha uma malha viária de 221,271 km nas Rodovias SCs 110, 350, 281, 340, 340A. 340B, 428, 429, e SC 486, abrangendo os municípios de Aurora, Rio do Sul, Ituporanga, Laurentino, Rio do Oeste, Vidal Ramos, Imbuia, Petrolândia, Alfredo Wagner, Witmarsum, Presidente Getúlio, Ibirama, Atalanta, Agrolândia, Trombudo Central, Lontras, Presidente Nereu, Dona Emma, José Boiteux, Leoberto Leal e pretence à 3ª Companhia do 1º BPMRv, sediada em Blumenau.

O principal centro urbano é Rio do Sul e pelas rodovias é transportada a produção da indústria metal-mecânica da região, cimento e seus derivados e produtos agrícolas, como cebola e fumo. Outro fluxo importante é o de veículos que vão em direção ao litoral. "Por se tratar de uma região afastada, agrícola principalmente, os acidentes aumentam nos fins de semana e nas festas", ressalta o Comandante do Posto, Marcos Aurélio Paini.

Posto 7 - Gravatal
Rodovia SC-370 - km 204,10
Gravatal - 88735-000
(48) 3642-2067
posto7@pmrv.sc.gov.br
P07
Sobre o Posto 7 - Gravatal

O 7º Grupo de Polícia Militar Rodoviária está situado no Km 204 da Rodovia SC-438, município de Gravatal. Esta rodovia é um importante elo entre o litoral e o planalto Catarinense, iniciando em Lages, no planalto serrano, passando por São Joaquim, Bom Jardim da Serra, descendo a Serra do Rio do Rastro, passando por Lauro Müller, Orleans, São Ludgero, Braço do Norte, Gravatal, onde se localiza a Estância Hidromineral de Termas do Gravatal, finalizando no município de Tubarão, totalizando 216 quilômetros.

No final de 1983, o 7º Grupo de Polícia Militar Rodoviária iniciou suas atividades e, em fevereiro de 1984, o Posto passou a funcionar definitivamente, sendo designado o 3º Sgt PM Pedro Paulo Reginaldo para comandá-lo.

As primeiras viaturas utilizadas foram uma VW Brasília e uma VW Kombi, ambas com ano de fabricação de 1978.

Atualmente, o 7º Grupo possui um efetivo de 29 policiais militares e sete viaturas policiais, sendo seu comandante o 1º Sargento PM Marcelo Waterkemper.

O 7º Grupo está diretamente subordinado à 2ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária, sediada em Cocal do Sul, sob o comando do Major PM Darci Rodrigues Júnior.

São patrulhados 210 quilômetros distribuídos em doze trechos e quinze municípios: Rodovia SC-407 – Santa Rosa de Lima a Rio Fortuna; Rodovia SC-431 – São Martinho, Armazém e Gravatal; Rodovia SC-434 – Garopaba à BR-101; Rodovia SC-436 – Laguna à BR-101; Rodovia SC-437 – Imaruí à BR-101; Rodovia SC-438 – Braço do Norte, Gravatal e Tubarão, com acesso à BR-101; Rodovia SC-439 – Grão Pará a Braço do Norte; Rodovia SC-440 – Pedras Grandes a Tubarão; Rodovia SC-441 – Treze de Maio à BR-101; Rodovia SC-442 – Jaguaruna à BR-101; Rodovia SC-482 – Rio Fortuna a Braço do Norte; Rodovia SC-487 – localidade de Camacho a Jaguaruna.

No período de alta temporada, policiais militares do 7º grupo são diariamente deslocados para patrulhamento nas rodovias de acesso aos balneários de Jaguaruna, Laguna e Garopaba, locais onde há grande concentração de turistas de diversas áreas do país e do exterior. Ocorre, assim, um grande aumento do fluxo de veículos na região, havendo a necessidade de que seja intensificado o patrulhamento rodoviário para proporcionar maior segurança e comodidade aos usuários das nossas rodovias.   

Além dos serviços rotineiros referentes à fiscalização e de atendimento aos acidentes de trânsito e ocorrências correlatas, o 7º Grupo tem prestado atendimentos diversos às comunidades próximas com auxílios na condução de pessoas para atendimento em situações de urgência, atendimento a diversos estabelecimentos de ensino e empresas com palestras relacionadas ao trânsito, bem como prestação de apoio e participação nas entidades na realização de campanhas educativas voltadas à saúde, educação, segurança, entre outras.

Posto 8 - Ibicaré
Rodovia SC-453 - km 230,52
Ibicaré - 89640-000
(49) 3538-0113 / 3538-0332
posto8@pmrv.sc.gov.br
P08
Sobre o Posto 8 - Ibicaré

Criado em 1983, às margens da Rodovia SC-303, em Ibicaré, o 8º Grupo de Polícia Militar Rodoviária passou de uma estrutura precária, em um prédio abandonado, a um dos Postos mais bonitos do Brasil. Com um trabalho em mutirão, os policiais rodoviários, que tiveram como primeiro Comandante o Sargento Eduardo Picolli, reformaram a estrutura e criaram o paisagismo do local, o que rendeu o título de o mais belo Posto do Estado.

O mesmo espaço físico onde está sediado o 8º Grupo é também sede da 4ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária, e tem efetivo total de 13 homens e quatro viaturas. A malha viária atendida é de 289 quilômetros, distribuídos em 20 trechos de seis rodovias em 14 municípios: Rodovias SC-303, de Tangará a Piratuba; SC-452, de Luzerna à BR-153 em Água Doce; SC-455, de Tangará a Campos Novos e de Abdon Batista em direção ao Distrito de Ibicuí em Campos Novos; SC-458, de Jaborál à BR-470 em Campos Novos; SC-454, de Ibicaré a Catanduvas, SC-494, de Joaçaba a Jaborá.

Atualmente, de acordo com o Comandante do Posto, 1º Sgt Gelcir Roberto Giacomelli, o trecho que registra mais acidentes é o de Tangará a Piratuba, devido às curvas sinuosas que acompanham os contornos do Rio do Peixe, e entre Água Doce a Catanduvas, devido também às curvas acentuadas e trechos de longas subidas/descidas. Por isso, o essencial é conscientizar os motoristas para a direção defensiva e para que não dirijam embriagados, já que as culturas italiana e alemã incentivam a ingestão de bebidas alcoólicas, como o vinho e chopp.

O Posto realiza diversas campanhas, como no Dia do Motorista (25 de julho), o Projeto Pintando o Trânsito com o seu encerramento na semana do trânsito.

A área de abrangência da 4ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária é todo o meio-oeste catarinense, estando sob o Comando do Major Raul Assunção. Nesta área, existem quatro Postos Rodoviários da Polícia Militar Rodoviária que ficam atrelados à Direção da 4ª Companhia - Posto 3, no município de Lebon Regis, Posto 8, em Ibicaré, Posto 20, no município de Concórdia e Posto 22, em Calmonj. “É uma região com características semelhantes, tanto de estrutura física-rodoviária, quanto em relação às pessoas que nela vivem. Diante disso, procuramos executar nosso planejamento de operação voltado para estas características", enfatiza o Major Assunção. Também ressalta que os 60 Policiais Militares Rodoviários sob seu comando demonstram um alto grau de profissionalismo e dedicação, atuando com vontade e respeito ao cidadão, e que as ações de trânsito e de controle à criminalidade querem preservar vidas e patrimônios, nas quais a presença da PMRv venha sempre garantir e dar a sensação de paz, segurança e tranquilidade a todos que transitam por essas rodovias.

Posto 9 - Bom Jesus
Rodovia SC-155 - km 39,923
Bom Jesus - 89824-000
(49) 3424-0047
posto9@pmrv.sc.gov.br
P09
Sobre o Posto 9 - Bom Jesus

Criado em 1983, o 9º Grupo de Polícia Militar Rodoviária de Bom Jesus funcionou provisoriamente num trailer, com uma guarnição de três soldados. Um ano depois, foram construídas as atuais instalações em alvenaria, que já passaram por reformas e possuem, atualmente, 328,27m2 de área construída.

O P-9 conta com 14 policiais militares rodoviários, é responsável pela fiscalização de 186,516 quilômetros das Rodovias  SCT-480 (Galvão-Bom Jesus-BR 282), SC-467 (Rincão Torcido/divisa com o Paraná - SCT-480/Bom Jesus), SC-466 (Xanxerê - Xavantina - SCT-283), SC-465 (Passos Maia - BR-282), SC-451 (Rodovia SC-467 - Ouro Verde), e SC-459 ( Marema – Lajeado Grande – BR-282). O trecho com maior número de acidentes é o da SCT-480, entre Bom Jesus e Xanxerê, ocasionados principalmente pela falta de atenção dos condutores, imprudência e excesso de velocidade. O Posto também realiza apreensões periódicas de mercadorias como cigarros, material de informática, pneus e remédios, fruto de contrabando e descaminho, principalmente vindos do Paraguai.

“Um resultado alcançado, marcante e importante, foram os 552 dias sem mortes na SC-467, entre os anos de 1997 e 1998”, conta o Subtenente PM Gilmar Dallarosa, Comandante do Posto. De acordo com ele, o 9º Grupo está envolvido ativamente com a comunidade local e regional, participando  de todas as atividades preventivas, principalmente aquelas voltadas para a segurança no trânsito e ações de segurança pública.

O Posto, que está instalado no perímetro urbano de Bom Jesus, próximo ao trevo de acesso à Rodovia SCT-480, contribui de várias formas para a segurança da comunidade local, sobretudo com as atividades ligadas ao trânsito. “Destaca-se pela qualidade e segurança aos usuários das rodovias atendidas pelos seus profissionais. Os serviços prestados pelo Posto fazem com que a população se sinta protegida em todas as necessidades, sendo que as ações desenvolvidas dão à sociedade de Bom Jesus e região a sensação de tranquilidade e segurança”, destaca Adilvo Pedro Mocellin, professor e morador de Bom Jesus-SC.

Posto 10 - Painel
Rodovia SC-114 - km 18,00
Painel - 88531-000
(49) 3222-1556
posto10@pmrv.sc.gov.br
P10
Sobre o Posto 10 - Painel

Junto à sede atual da 5ª Companhia do CPMR, organização policial militar responsável pela atividade de polícia ostensiva de trânsito nas rodovias da região serrana de Santa Catarina, está o 10º Grupo PMRv, ou Posto 10, ativado no ano de 1984 e primeiro reduto dos patrulheiros na serra catarinense. Este Posto é o responsável pelo patrulhamento e fiscalização nas Rodovias SC-427 (BR-282 - Rio Rufino), SC-438 (Lages - Painel - São Joaquim), SC-439 (Painel - Urupema), SC-456 (Anita Garibaldi – Limite SC/RS), e SC-458 (Anita Garibaldi - Cerro Negro - Campo Belo do Sul - Capão Alto - BR-116), o que corresponde a uma malha viária de aproximadamente 200 quilômetros.

Imbuídos do desafio de desenvolver um trabalho de qualidade nas rodovias estaduais do planalto, os patrulheiros transformaram o pequeno posto policial, situado nas margens da Rodovia SC-438, em uma referência para todo o Estado. A estrutura atual do 10° Grupo PMRv, além de um excelente aparato direcionado aos patrulheiros, ostenta uma estrutura física planejada para o atendimento do usuário da rodovia. A disponibilidade de churrasqueiras, banheiros, parque infantil, galpão crioulo e ermida para orações são algumas das diversas razões pelas quais o posto é frequentemente visitado pelos turistas que vêm conhecer a serra catarinense.

Trabalho pioneiro desenvolvido na área da educação pelos policiais militares rodoviários do 10° Grupo é a reconhecida Escolinha de Trânsito, criada com o objetivo de despertar na criança e no adolescente o desejo por um trânsito mais humanizado. Nesse mote, o projeto proporcionou a milhares de alunos, nos mais diversos rincões do estado, divertidas aulas práticas desenvolvidas em circuitos que simulam situações encontradas no dia a dia do trânsito.

A fiscalização é uma das prioridades do Posto de Painel, nas cinco rodovias distintas que perfazem um total aproximado de 200km patrulhados diariamente na região serrana. O combate frequente às infrações, otimizado pela inovação tecnológica advinda dos medidores eletrônicos de velocidade, e pela constante presença ostensiva dos patrulheiros na rodovia, tem buscado de forma incessante a redução dos acidentes de trânsito.

Posto 11 - Palmeira
Rodovia SC-114 - km 66,35
Palmeira - 88540-000
(49) 3238-0227
posto11@pmrv.sc.gov.br
P11
Sobre o Posto 11 - Palmeiras

O 11º Grupo de Polícia Militar Rodoviária foi fundado em 1984, em Palmeira, inicialmente como subposto do 10º Grupo PMRv de Painel e dele desmembrando-se em 1986. Hoje, subordinado à 5ª Companhia do CPMR e instalado no km 66 da Rodovia SC-425, no município de Palmeira/SC, o Posto 11 tem como missão o patrulhamento e a fiscalização do trânsito rodoviário numa malha viária de aproximadamente 70 km, que abrange as Rodovias SC-425 (entre a BR-470 e a BR-282 em Lages) e SC-427 (entre a BR-282 e o perímetro urbano de Rio Rufino).

Tendo sua sede localizada em rodovia de intenso movimento de veículos, principalmente de caminhões, que liga a região do médio e alto Vale do Itajaí à Serra Catarinense, importante destacar a ação constante e dedicada à fiscalização e a presença ostensiva do patrulheiro rodoviário na via, o que têm contribuído em grande parte para o sucesso na redução e manutenção dos índices de acidentes sem mortes na SC-425, cujo recorde foi de 895 dias sem qualquer registro de falecimento decorrente de acidente. A última estatística, datada de outubro de 2012, registrou um período de 531 dias sem qualquer ocorrência de acidentes fatais na mesma rodovia, fruto do constante trabalho e dedicação dos patrulheiros do 11º Grupo PMRv, aliado à utilização de tecnologias aplicáveis durante a consecução do serviço, como o equipamento de fiscalização eletrônica de velocidade.

Outra importante atividade desempenhada pelo 11º Grupo de Polícia Militar Rodoviária é a parceria desenvolvida com inúmeros órgãos e entidades localizadas nos municípios que abrange, destacando-se a frequente atuação dos policiais militares rodoviários em campanhas educativas de trânsito nas entidades de ensino e em palestras de cunho preventivo aos colaboradores de empresas privadas mediante prévia solicitação.

Posto 12 - Iporã do Oeste
Rodovia SC-163 - km 29,00
Iporã do Oeste - 89899-000
(49) 3634-1157 / 3634-1165
posto12@pmrv.sc.gov.br
P12
Sobre o Posto 12 - Iporã do Oeste

O 12º Posto da Polícia Militar Rodoviária foi instalado na região do extremo oeste catarinense no ano de 1985, tendo como primeiro comandante o 3º Sargento DORVAL Nogueira da Silva. Contava com um efetivo de oito policiais e uma frota de três viaturas para a realização de patrulhamento em duas rodovias, sendo elas a SCT-386 (São Miguel do Oeste a Iporã do Oeste) e SC-472 (Iporã do Oeste a Itapiranga).

Atualmente, o 12º Grupo é comandado pelo 1º Sargento Odair Carlos RIZZO e conta com 18 policiais militares e cinco viaturas, das quais duas são motos, sendo a sede do 12º Grupo anexa a da 7ª Companhia, a qual é comandada pelo Major Juarez SEGALIN.

Das duas rodovias patrulhadas inicialmente, o Grupo passou a atender sete rodovias, em 16 trechos e 228 quilômetros de malha viária em 23 municípios: SCT-283, que liga Chapecó, Guatambu, Planalto Alegre, Águas de Chapecó, São Carlos, Palmitos, Caibi, Riqueza e Mondaí; SCT-386, entre São Miguel do Oeste, Descanso, Iporã do Oeste e Mondaí; SC-469, da SCT-283 a Caxambu do Sul; SC-471 entre BR-282, Flor do Sertão e Romelândia; SC-472, de Iporã do Oeste, São João do Oeste a Itapiranga; SC-492, da BR-282 a Iraceminha e de São Miguel do Oeste a Bandeirante; SC-493 que liga Descanso, Belmonte e Tunápolis e a SC-472 a São João do Oeste. Dessas rodovias, a que apresenta maior incidência de acidentes com resultado de mortes é SCT–283.

As principais infrações que ocorrem nessas rodovias são as ocasionadas pelo excesso de velocidade, ultrapassagem indevida (em local proibido) e a falta de uso de cinto de segurança, bem como de equipamentos obrigatórios.

Por estar localizado em uma região de fronteira, o 12º Grupo atua em atividades destinadas à prevenção e ao combate de infrações transfronteiriças, agindo de forma integrada com diversos órgãos públicos a nível federal, estadual e municipal, dentre eles: Exército Brasileiro, Polícia Federal, Receita da Fazenda Federal, Polícia Civil, Receita da Fazenda Estadual, CIDASC, Vigilância Sanitária e Conselho Tutelar.

Também promove constantemente ações preventivas por meio de realização de palestras nos mais diversos seguimentos da sociedade que o procura para tal finalidade.

Posto 13 - Itoupava (Blumenau)
Rodovia SC-108 - km 69,00
Blumenau - 89040-000
(47) 3337-1182
posto13@pmrv.sc.gov.br
P13
Sobre o Posto 13 - Itoupava (Blumenau)

O 13º Grupo de Polícia Militar Rodoviária foi criado em 1987 e fica situado no bairro Itoupava Central, no Km 69.193 da Rodovia SC-108, em Blumenau. Atualmente contamos com um efetivo de dezessete patrulheiros para atender cinco rodovias, por onde é transportado a produção da área têxtil, metalúrgica, pecuária e agrícola da região do médio e alto Vale do Itajaí.

A malha viária foi ampliada com o passar dos anos e, nos dias atuais, o P-13 patrulha 212 quilômetros com cinco rodovias nas quais estão distribuídos em 11 trechos rodoviários: SC-108 (BR-280 - Blumenau), SC-421 (Pomerode – BR 470), SC-110 (Jaraguá do Sul – Pomerode), SC-110(Pomerode - Timbó), SC-110 (Timbó – Rodeio), SC-415 (BR 101 – SC 108/Barra Velha – São João do Itaperiú), SC-477 (Dr. Pedrinho - Benedito Novo), SC-477 (Benedito Novo - Timbó), SC-477 (Timbó - Indaial), A110A (SC 110 – Rio dos Cedros e A110A (Timbó – Rio dos Cedros), sendo que algumas rodovias fazem ligações com a BR-470 e BR-280.

Atualmente, o Posto 13 conta com um efetivo de 17 policiais militares, sob o comando do 1º Sargento Nildo Pasta, e as instalações do Posto divide o espaço físico com a sede da 3ª Companhia do 1º Batalhão, comandada pelo 1º Tenente PM Pablo David Henden. Para o patrulhamento diário, existem nove viaturas, sendo quatro motocicletas.

O trecho da SC-108 entre Blumenau e Guaramirm registra o maior número de acidentes, que têm como causas principais o fluxo intenso de veículos, pedestres, ciclistas, e ainda o excesso de velocidade e a embriaguez ao volante. Temos como prioridade no policiamento rodoviário: as ações de prevenção; segurança e proteção; Desta forma, agimos na fiscalização e, consequentemente, provemos a diminuição nos índices de acidentes e de mortes nas rodovias estaduais, mais precisamente no Vale do Itajaí.

Posto 14 - Içara
Rodovia SC-445 - km 3,42
Içara - 88820-000
(48) 3462-0330
posto14@pmrv.sc.gov.br
P14
Sobre o Posto 14 - Içara

O 14º Grupo, localizado em Içara, foi fundado em 1988, na Rodovia SC-444, como Subposto do 5º Grupo. Iniciou em um trailer, após os protestos de moradores devido a um acidente com vítima fatal. Seu primeiro Comandante foi o Subtenente José Daminelli, do 5º Grupo. Em 1992, o trailer foi substituído por uma edificação de madeira, e, em 1993, a equipe se tornou independente do 5º Grupo. Em 2006, esta construção foi atingida e demolida por uma carreta em um acidente. Em seu lugar, foi construída uma edificação em alvenaria com dois pavimentos.

O grupo possui efetivo atual de 24 policiais, oito viaturas, entre ambulância, carros e motocicletas comandados pelo 2º Sgt Adilson de Oliveira. São patrulhados 165 quilômetros de rodovias, em 14 trechos rodoviários: SC-444, de Criciúma à BR-101 e Balneário Rincão, em Içara; SC-487, da SC-444 à Lagoa dos Esteves; SC-449 que liga Meleiro a Araranguá e Arroio do Silva; SC-448, entre Meleiro, Turvo, Ermo e BR-101; SC-483, de Meleiro a Morro Grande e Ermo a Jacinto Machado; SCT-285, de Turvo a Timbé do Sul; SC-485, entre Jacinto Machado, Sombrio e Balneário Gaivota; SC-450 que liga a BR-101 a São João do Sul e Praia Grande e BR-101 a Passo de Torres. Um novo trecho da sequência da SC-450, a Serra do Faxinal, de Praia Grande à divisa com o Rio Grande do Sul, no caminho dos cânions, será pavimentado e incluído entre os trechos patrulhados, um privilégio para os policiais rodoviários que atuam em uma das áreas mais bonitas do estado.

Um desses trechos patrulhados, onde está instalado o posto, a SC-444, principal ligação da BR-101 ao município de Criciúma, passando por Içara, possui o terceiro maior fluxo de veículos entre as rodovias estaduais, estimado em 30 mil veículos/dia, número que se aproxima de 40 mil durante o verão.

A SC-444 (Rod Deputado Paulino Búrigo), por ter um fluxo de veículos intenso e com constantes congestionamentos, está passando por fase de elaboração de projeto para ser duplicada, sendo que já existe empresa contratada junto ao DEINFRA, que está estudando com a comunidade a melhor forma de realizar esta duplicação, que terá prazo de dois anos para apresentação do respectivo projeto para então ser licitada a execução. Com a possibilidade de duplicação da SC-444, estuda-se junto ao DEINFRA um outro local para ser instalado o 14º Grupo.

Como na maioria dos acidentes, os que ocorrem na área do 14º Grupo são causados por imprudência, negligência e imperícia do condutor, e as infrações relacionadas a estes acidentes são na sua maioria a embriaguez, o excesso de velocidade e as ultrapassagens indevidas.

Posto 15 - Guatá (Lauro Müller)
Rodovia SC-390 - km 147,00
Distrito de Guatá, Lauro Müller - 88808-000
(48) 3464-7383
posto15@pmrv.sc.gov.br
P15
Sobre o Posto 15 - Guatá (Lauro Müller)

O 15º Grupo foi ativado em 1990, na Rodovia SC-438, no Distrito de Guatá, em Lauro Müller, aos pés da Serra do Rio do Rastro.  O Posto foi ativado para dar suporte à demanda turística que passava pela região, ligando o planalto ao litoral, passando pela Serra do Rio do Rastro, uma das rodovias mais bonitas do país, conhecida por suas curvas e pelo frio intenso no inverno, que chega a formar gelo sobre a pista. A região é também o berço histórico do carvão nacional.

Seu primeiro Comandante foi o então 3º Sargento Moacir Alves do Amaral, com um efetivo de 15 homens, que tinha como viaturas uma Kombi e um Fiat 147. Atualmente, são 16 homens e o posto possui seis viaturas, sendo uma ambulância, três carros de patrulha e duas motos para fiscalizar três trechos num total de 53,24 quilômetros, abrangendo as Rodovias SC-438 (Lauro Müller, Orleans, São Lugero e Braço do Norte), a SC-447 (Lauro Müller a Treviso), e a SC-446 (Orleans a Urussanga).

De acordo com o 3º Sargento Volnei Lavezzo, que responde atualmente pelo comando do Posto, o trecho em que ocorrem mais acidentes é o da SC-438, de Orleans a Braço do Norte, e tem como principais causas a imprudência, o excesso de velocidade e ultrapassagens indevidas, infrações mais encontradas durante a fiscalização diária. Ocorrem também apreensão de contrabando e descaminho de mercadorias vindas do estrangeiro.  

O Posto está sempre em contato com a comunidade do Distrito de Guatá e região, auxiliando em solicitações diversas. Participa também em campanhas educativas em conjunto com órgãos municipais, como Conselho Tutelar e Secretaria da Saúde, e desenvolve palestras educativas nas empresas de mineração e indústrias de embalagens plásticas que predominam em toda a região. Mas o principal projeto é o Programa Cidadão do Trânsito, desenvolvido nas escolas durante todo o ano letivo.

Posto 16 - Canoinhas
Rua Vidal Ramos, 1005
Canoinhas, SC - 89460-000
(47) 3622-3569 e 3622-2791
posto16@pmrv.sc.gov.br
P16
Sobre o Posto 16 - Canoinhas

As instalações do 16º Grupo de Canoinhas começaram a ser construídas no km 240 da SCT-280, em 1990, e foram concluídas no ano seguinte, mas ficaram sem uso durante quatro anos, até a ativação do Posto, em 1995, com 21 policiais.

Hoje, o efetivo é de 16 policiais e três viaturas que atuam em cinco rodovias, num total de 171 quilômetros: SCT-280 (Canoinhas a Porto União), SC-303 (Três Barras à BR-280), SC-419 (BR-116 a Itaiópolis ), SC-460 (da SCT-280 a Irineópolis) e SCT-477 ( Canoinhas a Major Vieira e Papanduva). A SCT-280 tem maior incidência de acidentes, tendo como principal causa o descuido humano. O posto também realiza periodicamente apreensões de contrabando e descaminho nessa rodovia, por ser um corredor de ligação com o litoral e o planalto catarinense.

Nos últimos anos, o Posto foi ampliado para os atuais 384 m2 de área, com melhorias para o efetivo e o público externo. “Como se trata de região histórica, onde ocorreram episódios da Guerra do Contestado, o Posto também presta informações turísticas. Foi construído, em parceria com o Governo Federal, com a Universidade do Contestado e com a Agência de Desenvolvimento Regional Integrado do Planalto Norte Catarinense, o Portal Cultural O Contestado, anexo ao Posto, com 198m2, que abriga ações de cultura e turismo para a região”, conta o Comandante, Subtenente Osni Paggi.

Um dos principais projetos do Grupo é o Cidadão do Trânsito, que já foi realizado com aproximadamente 17 mil crianças e adolescentes das escolas da região, além de palestras educativas em empresas juntamente com campanhas de saúde de Canoinhas. “Temos uma parceria de trabalho com a Polícia Militar Rodoviária. O posto está há oito quilômetros do perímetro urbano, somos muito próximos. Eles fazem treinamento dos motoristas das empresas e órgãos públicos, palestras para o nosso pessoal, cuidam da segurança e orientam desde cedo os nossos futuros motoristas”, comenta o Prefeito Leoberto Weinert.

Posto 17 - São Lourenço D'Oeste
Rodovia SC-157 - km 5,00
São Lourenço D'Oeste - 89990-000
(49) 3344-2673
posto17@pmrv.sc.gov.br
P17
Sobre o Posto 17 - São Lourenço D'Oeste

O 17º Grupo de Polícia Militar Rodoviária foi ativado em 1998, no Km 5 da Rrodovia SC-468, em São Lourenço d'Oeste, tendo no Comando o 3º Sargento Mário Cesário e um efetivo de 20 policiais que fiscalizavam uma malha viária de 230km em 13 municípios do oeste catarinense.

Atualmente, a malha atendida é 327km em seis rodovias: SC-468 (São Lourenço a Chapecó), SC-471 (Flor da Serra do Sul a Anchieta), SC-473 (São Lourenço a Guaraciaba), SCT- 480 (São Lourenço a Galvão), SC-469 (Campo Erê a Saudades), SC-479 (Sul Brasil a Modelo) e SC-479 (Águas Frias a Nova Erechim). Desses trechos, o da SC-468, entre São Lourenço e Chapecó, é onde ocorrem mais acidentes, tendo como principais causas o excesso de velocidade e falta de atenção. 

O efetivo, atualmente, é de 15 policiais rodoviários e cinco viaturas, sendo uma delas motocicleta, e responde pelo comando o 1º Sargento Odair Carlos Rizzo. O P-17 patrulha grandes distâncias, pois está localizado na divisa com o Paraná e atende até próximo ao Rio Grande do Sul. O Posto já passou por uma ampliação para dar maior comodidade ao efetivo e aos usuários.

Como se trata de uma região de fronteira, corriqueiramente são realizadas apreensões de materiais oriundos de contrabando e descaminho, entre eles: cigarros, material de informática, bazar, equipamentos elétricos, energéticos e destilados, bem como drogas ilícitas, via de regra advindas do Paraguai e Argentina. 

Além do Programa Cidadão do Trânsito, o Posto realiza campanhas no Dia do Motorista (25 de julho), no dia Combate à Exploração Sexual Infanto-Juvenil (18 de maio), campanhas do agasalho e presta apoio educativo a diversos seguimentos da sociedade.

O 17º Grupo trabalha também integrado a outros órgãos públicos (Força Nacional, Exército Brasileiro, CIDASC, Receita da Fazenda Federal ) visando o combate de ações ilícitas de diversas naturezas com o objetivo de proporcionar o bem estar à sociedade e consequente melhoria da qualidade de vida a todos os usuários das rodovias.

Posto 18 - Joinville
Rua Izaltino Machado, s/n.º, Santo Antônio
Joinville - 88219-030
(47) 3435-7674
posto18@pmrv.sc.gov.br
P18
Sobre o Posto 18 - Joinville

O 18º Grupo de Polícia Militar Rodoviária foi instalado em 2001, no Bairro Santo Antônio, área central de Joinville, e é o único Posto que não está localizado às margens de uma rodovia. São 15 policiais rodoviários comandados pelo Subtenente Atanir Antunes. O Posto está sediado no mesmo prédio da Sede da 6ª Companhia, Comandada pelo Major Ricardo Carlos Meyer.

O 18º Gp PMRv fiscaliza rodovias estaduais do município catarinense com maior população, Joinville, e outros de grande expressão, como Garuva e Itapoá. Os trechos patrulhados compreendem as Rodovias SC-415 (BR-101 até a praia de Itapoá, acesso ao Porto); um pequeno trecho que liga a SC-415 até a divisa com o estado do Paraná (AC-415), e outro trecho da SC-413 (da Univille até a BR-280, em Guaramirim). De acordo com o Comandante Antunes, a maior dificuldade no patrulhamento é sazonal. “No verão, a concentração de pessoas que se deslocam para veranear nas praias da região é grande. As rodovias não comportam o número de veículos, gerando filas quilométricas nos acessos aos balneários”, observa.

Joinville é a maior cidade catarinense (em população e PIB), sendo a principal cidade industrial do estado e terceiro pólo industrial da região Sul, sediando diversas empresas de grande porte e destaque internacional.

Posto 19 - Florianópolis - Campeche
Rodovia SC-405 - km 6,9, Campeche
Florianópolis - 88063-600
(48) 3234-6382
posto19@pmrv.sc.gov.br
P19
Sobre o Posto 19 - Florianópolis - Campeche

O 19º Grupo de Polícia Militar Rodoviária, um dos dois Postos localizados na ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, foi inaugurado em 2002, na Rodovia SC-405, sob o Comando do 2º Sargento Evilásio Teixeira de Carvalho, para atender rodovias do sul da ilha.

Atualmente, o Posto conta com um efetivo de 33 policiais rodoviários, com viaturas e quatro motos para patrulhar 41,1km em cinco rodovias: SC-Sul (a Via Expressa Sul, do túnel ao entroncamento com SC-405, no Rio Tavares), SC-401 Sul (a Rodovia Jorge Lacerda, do Saco dos Limões ao Carianos), SC-405 (do entroncamento com SC-Sul, no trevo da Seta, ao trevo do Ribeirão da Ilha), SC-406 Leste (Rodovia Doutor Antônio Luiz Moura Gonzaga, da Lagoa da Conceição ao Trevo do Rio Tavares), SC-406 Sul (a Rodovia Francisco Tomaz dos Santos, “Seo Chico”, do Trevo do Ribeirão da Ilha ao Pântano do Sul), e a Rodovia Aparício Ramos Cordeiro,  do entroncamento com a SC-405 à Tapera.

De acordo com o Comandante, o Subtenente Jairo Gonçalves Cabral, o trecho com maior número de acidentes é o da SC-405m do Km 1 ao 8. “Ali, temos um grande fluxo de veículos, pois moradores de dez localidades utilizam esta rodovia”, ressalta.

Em 2003, houve uma reforma nas instalações e, com o apoio dos policiais militares lotados, foi construído um posto avançado do Corpo de Bombeiros Militar, com alojamento e garagem.

O intenso trânsito e a densidade habitacional faz a missão de dar segurança e fluidez no trânsito ser árdua e penosa, mas superada pela obstinação e garra do efetivo do 19º Grupo, que diariamente, e nos grandes eventos realizados, conquista cada vez mais o reconhecimento e a admiração da comunidade.

Posto 20 - Concórdia
Rodovia SC-283 - km 21,550, Santo Antônio
Concórdia - 89700-000
(49) 3425 9190 / 3444-1339
posto20@pmrv.sc.gov.br
P20
Sobre o Posto 20 - Concórdia

O 20º Grupo de Polícia Militar Rodoviária foi  ativado em Concórdia em 6 de novembro de 2003,  tendo como primeiro Comandante  o 1º Sargento Gilberto Souza dos Santos.

Hoje, como missão,  presta atendimento a mais de 300km de rodovias do meio-oeste e oeste catarinense, sendo elas: SC-463 (BR-282 Catanduvas à BR-153 Concórdia), SC-464 (Trevo da SC-463 ao município de Presidente Castelo Branco), SC-461 (Concórdia ao município de Alto Bela Vista), SC-462 (Piratuba ao trevo de acesso ao município de  Alto Bela Vista), SCT-283 (Concórdia ao município de Chapecó), SC-466 (Seara ao município de Itá), SC-473 (Ipumirim ao município de Irani), SC-480 (Chapecó ao  Estado do Rio Grande do Sul - divisa), SC-465 (Ipumirim ao município de Itá), SC-459 (trevo SCT-283 ao município de Arvoredo).

São 14 Policiais Militares Rodoviários, quatro viaturas, sendo três veículos e uma motocicleta. O Posto tem uma área construída de 325 m2,  e possui uma sede social. “O efetivo, embora pouco, desempenha o patrulhamento rodoviário de grandes distâncias com muito profissionalismo e dedicação”, diz o Comandante Subtenente PM Ivanor Giongo, que complementa afirmando que o trabalho executado pelo 20º Grupo da PMRv  tem proporcionado aos usuários das rodovias patrulhadas um impacto na segurança rodoviária, bem como nos habitantes da região de abrangência do posto policial, inibindo furtos de veículos, tráfico de drogas e outros delitos.   

Dos trechos de rodovias patrulhadas pelo 20º Grupo, os que  merecem maior atenção na fiscalização e que, por sua vez, se destacam em número de acidentes, são: 
- SCT-283 (Concórdia/Chapecó) - em razão da topografia do terreno ser acidentada,  a rodovia possui grande quantidade de curvas, aclives e declives, com predominância de neblina no período noturno e matutino, tendo um fluxo diário de veículos chegando aos 10.000 e considerada, no ranking  estadual, como uma das dez mais severas do estado;
- SC- 463 - com curvas e constante neblina, também exige a atenção dos motoristas na principal ligação entre Concórdia e Joaçaba;
- SCT-480 - trecho de ligação entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul,  possui hoje o maior  fluxo de veículos das rodovias estaduais do oeste catarinense, com mais de 10.000 veículos diariamente circulando.

Com o objetivo de proporcionar melhor atendimento aos usuários das rodovias do oeste, diminuindo o tempo de resposta no atendimento, proporcionando  maior segurança e prevenindo outros delitos, o Comandante do CPMR, Coronel PM José Norberto de Souza Filho, anunciou em coletiva à imprensa regional de Chapecó no mês de setembro de 2012  a instalação do um novo Posto da Polícia Militar Rodoviária na região de Chapecó, que será localizado na Rodovia SCT-480, Km 154. A instalação deste Posto irá subdividir as regiões de abrangência dos Postos 20, 12 e 17, cujos patrulheiros atualmente, em alguns deslocamentos para atendimento, chegam a percorrer 120 Km.

Posto 21 - Bom Jardim da Serra
Rodovia SC-390 - km 129,00
Bom Jardim da Serra -8 8640-000
(48) 3464-7487
posto21@pmrv.sc.gov.br
P21
Posto 21 - Bom Jardim da Serra

O 21º Grupo de Polícia Militar Rodoviária, fundado em 2005 e subordinado à 5ª Companhia do CPMR, foi instalado no alto da Serra do Rio do Rastro, no km 129 da Rodovia SC-438, em Bom Jardim da Serra/SC. Suas atividades perfazem uma malha viária de 132km, abrangendo as Rodovias SC-430 (São Joaquim – Urubici – Bom Retiro) e SC-438 (São Joaquim - Bom Jardim da Serra – Serra do Rio do Rastro), tendo os policiais militares como missão a fiscalização do trânsito rodoviário e o atendimento aos usuários das rodovias estaduais na região com uma das paisagens mais belas do país - a Serra do Rio do Rastro.

Devido a sua localização, o P-21 funciona também como ponto de informações turísticas, pois, além da beleza natural peculiar da região, do cânion e do mirante da Serra do Rio do Rastro (que em dia de boa visibilidade permite a visão do mar no horizonte), há outro ponto que atrai muitos turistas: o Parque Eólico e suas mais de 60 torres de geração de energia elétrica. Além disso, a rodovia que corta a Serra do Rio do Rastro é toda iluminada, proporcionando uma beleza a mais para quem visitá-la durante a noite.

Como o Posto 21 está instalado em área de ocorrência de fortes ventos, com até 120 km/h, assim como de baixíssimas temperaturas, que podem chegar aos -15°C, com ocorrência de neve, os policiais militares rodoviários que ali prestam seus serviços acabam por realizar tarefas diferenciadas. Com o frio do inverno, ocorre frequentemente a formação de gelo na pista e, neste caso, há necessidade de pronta intervenção dos policiais militares, que precisam quebrar o gelo com o auxílio de picaretas e ali depositar sal para que possa haver o descongelamento, de forma a evitar possíveis acidentes. Também na serra, em razão das chuvas e fortes ventos, ocorre a queda de grandes pedras na pista o que, por óbvio, demanda ação imediata e atenta dos policiais do 21º Grupo PMRv, de modo a garantir um trânsito seguro aos usuários da via.

Por fim, com o Posto 21 prestando serviço em uma região afastada de centros urbanos, destaca-se que sua presença contribui sobremaneira com a segurança e tranquilidade dos moradores locais e turistas que por ali transitam.

Posto 22 - Calmon
Rodovia SC-135 - km 62,650
Calmon - SC
(49) 3573-3000
posto22@pmrv.sc.gov.br
P22
Sobre o Posto 22 - Calmon

Localizado entre Calmon e Caçador, o 22º Grupo de Polícia Militar Rodoviária de Calmon é um dos mais recentes - foi fundado em 23 de março de 2006. Localizado na SC-302, conhecida como Estrada da Amizade, cobre rodovias da Rota do Contestado. As principais rodovias atendidas passam por municípios de expressão econômica da região do meio oeste: a SC-302 (Porto União a Matos Costa e Caçador), SC-303 (Caçador a Rio das Antas e Videira/ SC-453) e SC-451 (BR-153 a Caçador). Esta última tem grande importância turística, pois serve de corredor ao turismo dos países do Mercosul. Ainda são patrulhadas pelo P-22 a SC-453 (Iômere, Arroio Trinta, Salto Veloso), e a SC-455 (Macieira). No total, são patrulhados 211km de rodovias, atingindo dez municípios.

Seu primeiro comandante foi o 1º Sargento Roberto Lene Fraga, que assumiu o comando na inauguração e permaneceu até o dia 15 de Julho de 2008.

O efetivo é de 15 policiais militares, comandados atualmente pelo Subtenente Sérgio Bonifácio Mibach, que conta com uma frota de cinco viaturas, sendo duas motos Falcon 400. O Posto está posicionado a 1.287 metros de altitude a nível do mar. No inverno, as baixas temperaturas oscilam entre 5ºC e -5º C nos dias mais frios.

O 22º Grupo está centralizado para o acesso às três principais rodovias da jurisdição, as quais são formadas por sucessões de curvas em virtude do relevo acentuado. A falta de acostamento e refúgios próximos às curvas dificulta a fiscalização, bem como contribui para a ocorrência de acidentes que, na maioria, são saídas de pista.

No dia 19 de dezembro de 2011, o Grupo atingiu a marca histórica de 470 dias sem vítimas fatais no trecho principal, sendo alvo de homenagens por parte do Governo Estadual. O recorde perdurou até os 506 dias. Durante a homenagem, foi entregue uma placa, que se encontra na recepção do Grupo com a seguinte inscrição: “O valor e a história de uma corporação medem-se pela contribuição para as futuras gerações”. Declara o comandante que “este recorde é fruto das mais diversas campanhas executadas pelo efetivo do Grupo, o qual é o maior patrimônio da Polícia Militar Rodoviária, e esta homenagem vale para todos os integrantes que, na labuta diária, não medem esforços para atender aos usuários das rodovias catarinenses.”

O Grupo também realiza palestras para empresas da área de transportes, no SENAC e SESI, sempre voltadas para a direção defensiva. Também são feitas campanhas e palestras nas escolas da região, pensando no futuro. Como diz o adágio popular, "se educar a criança, não se precisará castigar o homem".

Posto 23 - Taió
Rodovia SC-114 - km 167,000
Taió, SC
(47) 3562-2967 / 3562-2981
posto23@pmrv.sc.gov.br
P23
Sobre o Posto 23 - Taió

O 23º Grupo de Polícia Militar Rodoviária conta atualmente com uma frota de três viaturas, sendo uma Ambulância - Fiat/Ducato, um Fiat/Idea, uma caminhonete Ford/Ranger e duas Motocicletas Honda/Falcon 400.

A malha viária patrulhada é de 116,397 km divididos em oito trechos: Passo Manso/Taió, Salete/Taió, Taió/Pouso Redondo, Santa Terezinha/Rio do Campo, Rio do Campo/Passo Manso, Atalanta/Agrolândia, Agrolândia/Trombudo Central e Trombudo Central/Braço do Trombudo.

O 23º Grupo iniciou suas atividades em novembro de 2007, com sua sede no município de Taió, situado às margens da Rodovia SC-114 e responsável pelo patrulhamento de todo o Vale Oeste do Alto Vale do Itajaí. Motivado pela preocupação da comunidade com os inúmeros acidentes, os quais vitimaram dezenas de jovens da região, o Grupo se organizou em reuniões para buscar a solução para o problema.

Antes, em 2005, realizaram-se diversas palestras pelo então Comandante do 11º Grupo, sediado no município de Palmeira (1º Sgt Paulo César Eger), o qual fiscalizava as rodovias desta região, demonstrando que a solução para a diminuição dos acidentes seria a implantação de um Posto da Polícia Rodoviária Estadual.

Desde o início dos seus trabalhos, o 23º Grupo tem atuado de maneira intensa e eficiente na fiscalização, dando respostas rápidas nos atendimentos de ocorrências, contribuindo para a diminuição dos acidentes automobilísticos por meio do controle de velocidade, fiscalizando o excesso de peso nos transportes e outras infrações relevantes, e prestando um pronto atendimento, com mais segurança, com repressão e prevenção de assaltos, roubos de veículos, contrabandos e descaminhos, e ainda auxiliado na educação do trânsito em geral, recebendo o reconhecimento da comunidade.

Conhecida como Rodovia Afonso Rhoden, a SC-114 liga a BR-470 (Pouso Redondo) ao município de Salete, passando pelo perímetro urbano de Taió, e é a mais crítica rodovia patrulhada pelo efetivo do P-23 por possuir um volume médio diário de veículos (automóveis e motocicletas, na maioria) maior que as demais sob esta jurisdição. Essa rodovia serve de ligação com os principais centros, tornando-se mais preocupantes nos finais de semana por conta dos jovens de todo o Vale Oeste (onde está inserido o Posto) que vão por ela em busca da vida noturna agitada. Os acidentes, não raras às vezes, envolvem condutores que se encontram alcoolizados.

Atualmente, o efetivo tem 13 policiais militares comandados pelo 3º Sgt Derli Pereira Alves.

Destaca-se a acolhida da comunidade, que por meio da ACIAT (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Taió), com empresários da região do Vale Oeste e das demais regiões do Alto Vale do Itajaí, e do Grupo Adote a Vida, todos grandes parceiros na caminhada para a diminuição dos acidentes nas rodovias, sempre presentes, auxiliam na execução de programas como o Cidadão o Trânsito, Semana do Trânsito, entre outros. A eles, o P-23 registra sua gratidão.

O 23º Grupo conta atualmente com uma frota de três viaturas, duas Renault/Logan, uma caminhonete Nissan/Frontier e uma motocicleta Honda/Falcon 400. A malha viária patrulhada é de 113,891 km divididos em oito trechos: Passo Manso/Taió, Salete/Taió, Taió/Pouso Redondo, Santa Terezinha/Rio do Campo, Rio do Campo/Passo Manso, Atalanta/Agrolândia, Agrolândia/Trombudo Central e Trombudo Central/Braço do Trombudo.

Posto 24 - São Francisco do Sul
Rodovia SC-415 - km 9,700, Bairro Iperoba
São Francisco do Sul - 89240-000
(47) 3442-3008
posto24@pmrv.sc.gov.br
P24
Sobre o Posto 24 - São Francisco do Sul

Em 1982 são registradas as primeiras atividades de policiamento rodoviário na SC-301, em São Francisco do Sul. Com uma extensão total de 21,340 km, o trecho compreendido entre o Balneário de Enseada e a cidade de Joinville, incluindo o acesso ao Balneário de Barra do Sul, era policiado pelo efetivo do 4º Grupo de Polícia Rodoviária Estadual (sediado inicialmente em Guaramirim e transferido para Campo Alegre em 1984), como era chamado na época, com rondas e atendimentos a ocorrências. Tais atividades eram intensificadas durante a Operação Veraneio com a permanência diária de uma guarnição de serviço (cumprindo escalas de 24 x 24 horas). Até 1989, os policiais militares eram sediados em locais alternativos. Ora em um trailer instalado ao longo da rodovia, cedido pela Exatoria Estadual (Fiscalização da Fazenda), ora em uma sala de aula do Grupo Escolar Municipal João Germano Machado (em São Francisco do Sul – acesso ao Balneário de Enseada). Durante o restante do ano, as ações eram restritas ao atendimento de acidentes de trânsito, ou outras ocorrências que necessitavam de intervenção da Polícia Militar Rodoviária.

No ano seguinte, 1990, foi construída uma sede própria (instalações modestas) num terreno localizado ao lado do citado grupo escolar, para melhor atender aos policiais durante o transcurso da temporada de verão. Criava-se, então, o Subposto da Enseada, como era costumeiramente conhecido, mas ainda sob a supervisão do Posto de Campo Alegre.

No dia 16 de julho de 2001, o Subposto da Enseada passou a ser subordinado ao 18º Grupo de Polícia Militar Rodoviária com a sua ativação na cidade de Joinville, tendo sua própria malha viária para fiscalização:

  • Rodovia SC-301, trecho do Balneário de Enseada (km 5) até o entroncamento com a Rodovia BR-280 (km 15,740) em São Francisco do Sul;
  • Rodovia SC-495, trecho do Balneário Barra do Sul (km 0) até o entroncamento com a Rodovia BR-280 (km 10,600), entre o Município de Balneário Barra do Sul e Araquari.

Mesmo sob a supervisão do P-18 (Posto de Joinville), o policiamento continuou a ser realizado nos moldes anteriores, perdurando assim por dois anos aproximadamente. Somente em 2003, a atividade de policiamento e fiscalização do trânsito rodoviário passou a ser constante, com a permanência efetiva de policiais militares.

CRIAÇÃO DO 24º Gp/PMRv – SÃO FRANCISCO DO SUL/SC

A Portaria nº 374, de 23/05/2008, da lavra do Exmº Sr. Cel PM Comt Geral da PMSC, que cria o 24º Grupo de Polícia Militar Rodoviária na cidade de São Francisco do Sul, foi devidamente publicada no Diário Oficial do Estado nº 18.372, de 03/06/2008, gerando seus correspondentes efeitos e coroando uma história de 25 anos de atividades na região de São Francisco do Sul, cidade portuária e turística que atrai milhares de pessoas anualmente.

Hoje, o 24º Grupo de São Francisco do Sul conta com um efetivo fixo de 13 Policiais Militares Rodoviários sob o comando do Subten  PM André Ricardo Bondan da Silva. Como Aux. do Comandante tem o 2º Sgt PM Celso Mendes de Souza. Conta ainda com três viaturas para a execução das missões pertinentes à Polícia Militar Rodoviária. As instalações foram ampliadas, dispondo de materiais, equipamentos e armamentos condizentes, estando o Grupo sediado na cidade de São Francisco do Sul – SC, às margens da Rodovia SC-301 (Duque de Caxias), km 9,700, no Bairro Iperoba.

Antes de viajar
pelas rodovias do estado, ligue para 198 ou 191
Vai viajar e quer programar sua viagem?
Mapas e Condições de Rodovias

Faça do download do mapa rodovíario de Santa Catarina, veja quais são as distâncias e saiba as condições das rodovias Catarinenses.

Programe sua viagem

Enquete

Você é favorável à utilização de radares fixos para controle de velocidade nas Rodovias Estaduais?

Resultado Parcial Enquetes Anteriores
  • CPMR - Comando de Policiamento Militar Rodoviário - PMSC
  • Comandante do CPMR: Coronel PM José Norberto de Souza Filho
  • Rua Prefeito Dib Cherem, 2579 - Capoeiras - Florianópolis - SC
  • 88090-000 - (48) 3271-2300